Itamar é palmeira do deserto, valente-forte

12 de Junho de 2013, dez anos sem o Bendito Itamar. O dia foi repleto de homenagens da família, amigos, fãs e todos que nunca deixaram e nem vão deixar a chama “Itamarina” apagar.

Captura de tela inteira 1362013 142255.bmp

Itamar Assumpção 10 anos isso não vai ficar assim

Baseado no registro de shows e entrevistas com artistas que integram o projeto Caixa Preta, que passou por Brasília entre 18 e 21 de abril. Todo o material foi organizado em um mapa que transforma a linha metroviária de São Paulo em um passeio por diferentes momentos da trajetória do artista. Assim, é possível “embarcar” em 38 estações que contam com músicas e depoimentos de amigos, familiares e admiradores de Itamar.

Captura de tela inteira 1362013 142755.bmp

Clique nos links abaixo para ver as matérias completas publicadas pelo portal EBC:

Itamar Assumpção – Isso não vai ficar assim

Sobre o projeto

A morte é a flor vista de baixo por Anelis Assumpção

itamar_anelis02Oi pai.

resolvi te escrever. tenho pensado que toda essa virtualidade pode ser positiva no que se refere a minha comunicação contigo, já que não sei seu endereço e por aqui dizem que tudo que escrevemos na internet fica nas nuvens. .então, já faz 10 anos que nos falamos pela ultima vez. Na verdade eu falei e você chorou. chorou e partiu.

caramba, aconteceu tanta coisa!

(…)

Hoje entendo muito daquelas conversas que tivemos e agradeço ao pai maravilhoso que eu tive nessa vida.meu amor por você nunca morrerá!

nos vemos nas nuvens.

um beijo

Mais no blog:  Estou sujeita

Serena Assumpção

540533_454069367954697_1436287452_n“Hoje, 12 de junho de 2013, faz 10 anos que meu pai – Itamar de Assumpção, suspirou seu último suspiro cansado desse mundo disforme e voltou pro Orum, de onde já viemos. Meu ancestral mais próximo. Aquele com o qual converso todo santo dia. Aquele a quem peço conselhos e de quem quase não tenho tempo de sentir saudade, tamanha presença e constância em minha vida.
No dia desta foto, tirada no Sesc Pompéia em 1989, ele havia ganhado estes lírios de um fã. Lembro dele ter me dito – “Agora que estão em suas mãos, são seus.” Talvez tenha sido a primeira de uma leva de muitas flores que eu ganharia dele, enquanto vivo. Foram rosas, orquídeas, crisântemos, margaridas, também em pensamento e singelamente desenhadas num pedaço de papel, ao longo de uma carta enviada à Dinamarca. Em todo 12 de junho, celebro o fato de sua passagem ter sido feita “piadisticamente” no tal dia dos namorados. Morte efeito romance trapalhão. Para não me deixar esquecer que o amor que importa é sempre leve e que as sementes plantadas todos os dias, invariavelmente me darão flores. Meu ancestral mais próximo. Aquele que deixou a mim e à Anelis um sem número de irmãos. No dia de hoje, quem tem um pouco de Itamar no coração, receba nossos lírios.
Sua benção, pai. Kaô Kabiesilê – Xangô na Terra e em muitas esferas. ♥”

Postagem original na pagina pessoal da Serena

Obra de Itamar Assumpção se espalha dez anos após a morte do criador

Por Mauro Ferreira

Seria exagero dizer que, há exatos dez anos, o Brasil chorou a morte de Itamar Assumpção (13 de setembro de 1949 – 12 de junho de 2003). A precoce saída de cena do compositor paulista entristeceu somente a pequena parcela do público que ouvia a obra do Nego Dito, então aparentemente indissociável do movimento dos anos 80 rotulado como Vanguarda Paulista.

Matéria completa no blog: Notas Musicais

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s